Campanha do Agasalho

Com a aproximação do inverno as temperaturas começam a diminuir ao passar dos dias em diversas regiões do país, principalmente no sul, onde os termômetros já começaram a marcar temperaturas baixas e até mesmo abaixo de zero. Juntamente com o frio surge a preocupação com aquelas pessoas que não tem condições de se agasalhar e se manterem aquecidas. Nisso o Projeto de Extensão Arquitetura e Comunidade lançou a Campanha do Agasalho 2011, com o tema “A felicidade da vida está na simplicidade dos pequenos gestos… doe a quem precisa!”. As arrecadações foram efetuadas no período de 26 de maio a 30 de julho, no ponto de coleta que foi no prédio Arenito da Feevale e destinadas à Associação de moradores da Vila Kipling em Novo Hamburgo.

Agradecemos a todos que colaboraram.

Publicado em Campanhas | Deixe um comentário

O modelo da Assistência Técnica

Desde a publicação da Lei Federal 11.888/2008, e mesmo antes dela, se busca um modelo de atuação profissional que possibilite a assistência técnica gratuita a famílias de baixa renda.

Embora diversas iniciativas já existam, baseadas na própria Lei  11.888/2008, há diferentes perspectivas a serem exploradas, conforme a realidade de cada município.

Uma luz sobre o assunto foi lançada pelo Manual para a Implantação da Assistência Técnica Pública e Gratuita a Famílias de Baixa Renda para Projeto e Construção de Habitação de Interesse Social.

O Manual foi elaborado pelo IAB-RS, promovido pelo IAB-DN, patrocinado pela Caixa Econômica Federal e pelo Governo Federal, com o apoio da Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas e está disponível para download no endereço: http://iab-rs.org.br/downloads/IAB_manual_AT.pdf.

Publicado em Leis | Deixe um comentário

Edital seleção para o Projeto de Extensão Arquitetura e Comunidade

O novo edital de seleção para arquitetos residentes e estagiários está disponível.

O prazo de inscrição é de 03/03/2011 a 10/03/2011.

EDITAL N.º 01/2011

A Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários, através do Projeto de Extensão Arquitetura e Comunidade e o Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas, através do Curso de Arquitetura e Urbanismo, no uso de suas atribuições, torna público o Processo Seletivo Externo para Arquitetos Residentes (recém-formados) e estagiários, conforme estabelece a Lei 11.888 de 24/12/2008 – DOU 26.12.2008, que Assegura às famílias de baixa renda assistência técnica pública e gratuita para o projeto e a construção de habitação de interesse social, para ingresso no mês de março especificando a nominata a seguir dos critérios de seleção. O dia do início dos trabalhos será divulgado posteriormente.

I – DA INSCRIÇÃO

As inscrições estarão abertas no período de 03/03/2011 à 10/03/2011.

II – DAS VAGAS EXISTENTES E DO RESPONSÁVEL PELAS INFORMAÇÕES.

As vagas, arroladas nos quadros a seguir, estão especificadas por níveis de contratação. As informações complementares deverão ser solicitadas através do e-mail do Projeto de Extensão Arquitetura e Comunidade.

III – DA INSCRIÇÃO:

3.1 – Para inscrição são necessários os seguintes documentos:

• Carta de apresentação, redigida pelo próprio candidato (não há um modelo padrão). A carta deve estar anexada ao currículo e ser dirigida à Líder do Projeto de Extensão Arquitetura e Comunidade, explicitando os motivos pelo qual pretende participar deste projeto, deixando claro sua disponibilidade para os próximos 4 meses.

Curriculum vitae – cópia em meio eletrônico, importante constar a experiência do candidato.

3.2 – Os documentos devem ser enviados para o e-mail do Projeto de Extensão, impreterivelmente, até o dia 10/03/2011.

IV – DA SELEÇÃO:

4.1 – O processo seletivo externo para Arquitetos-residentes e para estagiários, far-se-á em duas etapas: (1) análise do curriculum vitae e da carta de apresentação; (2) entrevistas individuais e/ou coletivas quando houver necessidade.

4.2 – Apenas os participantes inscritos, cujo currículo e carta enquadram-se nas exigências deste edital, serão classificados para participar da segunda etapa da seleção.

4.4 – Os candidatos selecionados para a entrevista, receberão notificação por e-mail.

 

V – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS:

5.1 – Da decisão da Comissão não caberá recurso.

5.2 – Pode acontecer das vagas não serem totalmente preenchidas, devido ao perfil dos candidatos e/ou disponibilidade da Prefeitura em assinar o Plano de Ação para o semestre.

5.3 – Os selecionados iniciarão as atividades depois de terem seus contratos devidamente assinados (este processo tem prazo burocrático, não sendo garantido o dia do início dos trabalhos).

5.4 – O valor bruto da hora para os arquitetos-residentes é de R$ 33,37 e para os estagiários é de R$ 5,48 (mais vale transporte).

5.5 – Com a inscrição, o candidato declara conhecer e estar de acordo com todas as normas do

presente processo seletivo.

5.6 – Os casos omissos do presente edital serão dirimidos de acordo com a legislação vigente.

 

 

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE.

 

 

Novo Hamburgo, 03 de março de 2011.

 

 

Prof. Me. Rinaldo Ferreira Barbosa,

Coordenador do Curso de Arquitetura e Urbanismo.

Publicado em Editais | Deixe um comentário

Arquitetura e Comunidade em eventos de Extensão e Iniciação Científica

Os bolsistas do Arquitetura e Comunidade participaram, ao longo do ano, de Salões de Extensão e Feiras de Iniciação Científica em várias instituições de ensino. O objetivo dessas apresentações é divulgar a produção do Projeto. As apresentações ocorreram na Unisinos (São Leopoldo), UFRGS (Porto Alegre), Feevale (Novo Hamburgo), Univates (Lajeado) e UniRitter (Porto Alegre).

Os trabalhos apresentados receberam Menção Honrosa no IV Salão de Extensão da Univates, com o trabalho Arquitetura e Comunidade: Uma nova realidade para Novo Hamburgo, de autoria de Carla Nunes Kaiser, co-autoria de Fernanda Linck e orientação de Luciana Néri Martins, Fábio Bortoli e Rinaldo Ferreira Barbosa, Destaque no Salão de Extensão da UniRitter com o trabalho A Extensão Universitária muda a Realidade de Novo Hamburgo de autoria de Carla Nunes Kaiser, co-autoria de Fernanda Linck e orientação de Luciana Néri Martins, Fábio Bortoli e Rinaldo Ferreira Barbosa, além de Destaque na XII Jornada de Iniciação Científica da UniRitter com o trabalho Arquitetura e Comunidade: a realidade da lei de assistência técnica no Corede Vale do Rio dos Sinos, de autoria de Fernanda Linck, co-autoria de Carla Nunes Kaiser e orientação de Fábio Bortoli e Luciana Néri Martins.

O foco dos trabalhos é a apresentação do conhecimento produzido e a divulgação das ações do Projeto de Extensão. Os destaques e menções são o reconhecimento do esforço de toda a equipe.

Veja os trabalhos e resumos apresentados:

Extensão

Iniciação Científica

 

Publicado em Eventos | Deixe um comentário

Arquitetura e Comunidade no 54ºIFHP World Congress

O Projeto de Extensão Arquitetura e Comunidade se fará presente no 54º Congresso da International Federation for Housing and Planning – IFHP, que terá como tema “Construindo Comunidades para as Cidades do Futuro”, a se realizar na PUC-RS entre 14 e 17 de novembro próximos.

Os professores Alessandra, Fábio, Luciana e Rinaldo apresentarão texto “A inclusão de comunidades carentes na cidade do futuro – experiência do Município de Novo Hamburgo – RS”. Além disto, os projetos de reurbanização e regularização Fundiária das vilas Palmeira e Martin Pilger serão apresentados em pôsters, produzidos pelos professores e pela equipe de arquitetos do Projeto.

International Federation for Housing and Planning – IFHP: http://www.ifhp.org/

54ºIFHP International Congress 2010:  http://www.ifhp2010portoalegre.com.br/

 

Publicado em Eventos | Deixe um comentário

Notícias dos projetos do Arquitetura e Comunidade

A notícia já é velha, mas vale repercutir aqui, pois se tratam de quatro projetos aqui do Arquitetura e Comunidade, que estão finalizados ou em finalização, e que beneficiarão muita gente.

O link da notícia é http://an.novohamburgo.rs.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=58702&tit=Prefeitura-investira-R-28-milhoes-em-areas-carentes

Prefeitura investirá R$ 28 milhões em áreas carentes - 10/09/2010 12:00

Comprovando seu compromisso com os hamburguenses, a Prefeitura de Novo Hamburgo formalizou um contrato que garante o financiamento de mais de R$ 28 milhões para o programa Pró-Moradia. O ato ocorreu durante a Assembleia Municipal do Orçamento Participativo, no dia 1º de setembro e foi concluída com a assinatura total dos contratos no gabinete do prefeito Tarcísio Zimmermann, no dia 3, com a participação do secretário Geral de Governo e Relações Comunitárias, Egon Kirchheim, o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Roque Werlang, e os agentes da Caixa Econômica Federal, Jairo Antônio Manfro (gerente agência Novo Hamburgo), Roque Schneider (gerente regional), Paulo Boeira (superintendente regional) e Sibele Kunst (gerente de atendimento). Os documentos garantem os investimentos em quatro localidades reconhecidamente carentes do Município: as vilas Marcírio J. Pereira (bairro Primavera), Martin Pilger (Vila Nova), Getúlio Vargas (Canudos) e a Vila das Flores (Rondônia). Conforme Tarcísio, essa é a segunda grande conquista do governo no que diz respeito à regularização de áreas de vulnerabilidade social que contam com habitações precárias. “Conseguimos uma autorização especial do Ministério das Cidades para assinar o contrato. Assim que os projetos de engenharia forem concluídos poderemos iniciar as licitações”, afirma o prefeito. A primeira conquista na área foi a aprovação, no ano passado, dos projetos de regularização fundiária da Vila Palmeira, que somam R$ 18 milhões.

No total, com o Pró-Moradia, mais de 800 famílias serão beneficiadas, por construções ou reformas de casas e investimentos em obras de planejamento social, saneamento básico, abastecimento de água, pavimentação asfáltica, iluminação e áreas públicas. “Acredito que teremos condições de iniciar até o fim do ano as obras na vila Martins Pilger e Marcírio J. Pereira”, completa Tarcísio. Para que sejam concluídos os projetos a Universidade Feevale, que também foi parceira na estruturação dos documentos para a regularização da Vila Palmeira, novamente auxiliará o setor de engenharia da Prefeitura.

Saiba Mais:

As vilas Martin Pilger, Getúlio Vargas, Marcírio J. Pereira e das Flores foram ocupadas há aproximadamente 30 anos. Suas formações se deram de forma espontânea, sendo que a maioria da população assentou-se nestes locais na década de 80. A grande maioria das casas, hoje existentes, são de madeira, alvenaria simples e/ou mistas. O sistema viário é formado por becos, ruelas e acessos, sem pavimentação de qualquer tipo, existe no local infraestrutura de abastecimento de água, energia elétrica e drenagem pluvial, que passarão por uma avaliação de eficiência. A rede de esgoto é lançada diretamente na rede pluvial existente.

Obras executadas pelo Pró-Moradia

A proposta de intervenção refere-se a regularização fundiária e urbana destas quatro vilas, contemplando melhorias ou implantação de abastecimento d’água; energia elétrica; esgotamento cloacal e pluvial; iluminação pública e sistemas viários.

Em relação às unidades habitacionais existentes, de acordo com estudos preliminares realizados, algumas permanecerão no local e receberão reformas e outras deverão ser removidas e reassentadas dentro da mesma área, com exceção da Martin Pilger que deverá ser reassentada em área próxima à mesma, em um loteamento a ser construído. Também será desenvolvido um Projeto Técnico Social, com o objetivo de mobilizar a população desses locais. A ideia é favorecer uma mudança de hábitos nos beneficiários em relação a saúde e ao meio ambiente.

Caracterização dos locais

Martim Pilger

Localização – Bairro Vila Nova

Número de famílias atendidas: 123 famílias

Valor do financiamento: R$ 4.206.600,00

Valor de contrapartida: R$ 221.400,00

Total de investimento: R$ 4.428.000,00

Tempo de Ocupação: 25 anos

Propriedade da área: Municipal

Reassentamento: Em área anexa de propriedade particular.

Vila Getúlio Vargas

Localização – Bairro Canudos

Número de famílias atendidas: 418 famílias

Valor do financiamento: R$ 14.295.600,00

Valor de contrapartida: R$ 752.400,00

Total de Investimento: R$ 15.048.000,00

Tempo de Ocupação: 30 anos

Propriedade da área: Municipal/Particular

Reassentamento: No próprio local

Marcírio J. Pereira

Localização – Bairro Primavera

Número de famílias atendidas: 52 famílias

Valor do financiamento: R$ 1.778.400,00

Valor de contrapartida: R$ 93.600,00

Total de investimento: R$ 1.872.000,00

Tempo de Ocupação: 40 anos

Propriedade da área: Municipal

Reassentamento: No próprio local

Vila das Flores

Localização – Bairro Canudos

Número de famílias atendidas: 220 famílias

Valor do financiamento: R$ 7.524.000,00

Valor de contrapartida: R$ 396.000,00

Total de investimento: R$ 7.920.000,00

Tempo de ocupação: 25 anos

Propriedade da área: Municipal

Reassentamento: No próprio local

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

Objetivos do Blog Arquitetura e Comunidade

O objetivo deste blog é divulgar as atividades de extensão, pesquisa e atuação do Projeto Arquitetura e Comunidade, bem como assuntos relacionados à habitação de interesse social. São do interesse deste blog (entre outros):

  • Projetos de regularização fundiária;
  • Projetos arquitetônicos para habitação de baixo custo;
  • Projetos urbanos e de espaços públicos relacionados à habitação;
  • Legislação e informações sobre regularização fundiárias;
  • Informações relacionadas à habitação de interesse social no Brasil;
  • Ações governamentais em relação à habitação de interesse social no Brasil;
  • Meio ambiente e habitação de interesse social.

Ao longo do tempo, as pessoas vinculadas ao Projeto de Extensão Arquitetura e Comunidade publicarão aqui artigos, opiniões e notícias com assuntos afins.

Publicado em Apresentação | Deixe um comentário